Consultoria de Carreira

14 de Abril de 2016 Por Matheus Ferreira e Vitor Catanho


Consultoria de Carreira


Atividade em alta que ajuda pessoas através do autoconhecimento a identificarem oportunidades no concorrido mercado de trabalho


As constantes mudanças e exigências no mercado de trabalho podem gerar dúvidas de qual caminho seguir e como construir uma carreira bem-sucedida. Atualmente está em alta a busca por um profissional especializado em ajudar a criar um planejamento estratégico de carreira personalizado, tendo o autoconhecimento como base.


A Dra. Lilian Dias tem mais de 35 anos de experiência no magistério, Graduada em Pedagogia e paralelamente realiza Consultoria de Carreira mais voltada para o público jovem. Ela nos contou como é realizado o trabalho e os principais pontos para pessoas conquistarem seus espaços no mercado.


O INÍCIO – “Fiz um estudo nos últimos dois anos, porque eu quis sair da minha área, mas queria continuar trabalhando com os adolescentes. Como a Pedagogia e a Psicologia reivindicam pra si a orientação profissional, então, criei um nicho para trabalhar com a garotada. Mantendo esse vínculo, mas saindo um pouco do métier do ensino tradicional que eu estava fazendo antes”.



SER CONSULTOR – “Consultor de carreira tradicional, é o bom profissional de economia, finanças e de qualquer área que é bem-sucedido. O Coaching é o profissional que anima, que incentiva e que efetivamente abre espaços”.



AS TÉCNICAS – “Existem várias pessoas que se apropriam de ferramentas e modicam, usam certos autores tradicionais, que no geral vem da área de planejamento. Questões básicas como objetivos e metas são as mais aplicadas. O mercado busca por pessoas que conseguem responder a eventos que nunca aconteceram. Aí é hora de tirar esse profissional da cartola!  Por isso, desenvolvi um método que desperta no profissional as áreas do conhecimento. É individual o trabalho para identificar as habilidades, interesses e uma série de afinidades para o direcionamento”.



FATORES INTERNOS E EXTERNOS – “É muito mais pelas características pessoais propriamente do que as externas. São mais influenciadas por você, pelas suas ambições, suas características do que qualquer outra coisa. Isso é uma coisa que cada um deve tomar as rédeas da sua história. Logicamente tem que está antenado”.



PERFIS – “Normalmente, os que estão entrando no mercado de trabalho (cada vez mais jovens), profissionais insatisfeitos com suas atividades que resolvem redirecionar a carreira ou quando são mandados embora e o aposentado que não consegue parar de trabalhar e busca outra atividade que tenha interesse de realizar”.



CAMINHO CERTO – “Não há uma fórmula mágica, isso é a primeira coisa que devemos desmistificar. Isso não existe! Agora, é lógico que você consegue discutir com pessoas as habilidades, o que gostam, o que desempenham melhor e como é  que esses desempenhos estão ligados a determinadas áreas do conhecimento”.



IR ALÉM  EM TEMPOS DE CRISE – “Tem que buscar pelo autoconhecimento, dominar outras coisas que estão a sua volta, como ler, escrever e interpretar e as quatro operações matemáticas (que é fundamental!), jogar um bom xadrez, falar outros idiomas, usar de forma inteligente a tecnologia e dominar todas as fases de produção (forma e conteúdo). E se não dominar, pelo menos se apresente disposto a fazer”.



ATENÇÃO AS REDES SOCIAIS – “O efeito contrário é quase impossível de você evitar, porque num detalhe pode torna-lo grande. As redes são óbvias pra você trabalhar sua imagem pessoal, mas é bom evitar discutir (se tiver um tema interessante que você tenha domínio é legal) e ter atenção para frases falsas em nome de autores para combater alguma ideia. Isso pode atestar incompetência da pessoa que publica sem conhecer as obras do autor. São coisas básicas para nunca fazer nas redes sociais”. 


© 2020 - Vitor Catanho

Todos os direitos reservados

  • https://www.youtube.com/channel/UCZz
  • Black LinkedIn Icon