Réveillon em Copacabana reuniu 2,9 milhões de pessoas

01/01/2020

Rio de Janeiro



Réveillon em Copacabana reuniu 2,9 milhões de pessoas


Foto: Gabriel Monteiro/SECOM - reprodução Agência Brasil

O réveillon na orla de Copacabana é uma das atrações mais tradicionais e esperadas por quem escolheu comemorar o início de 2020 numa das praias mais famosas do país, que este ano teve como tema da festa: "Amar a cada vista" em homenagem ao título de Capital Mundial da Arquitetura 2020 concedido pela Unesco ao Rio.


Foto: Fernando Maia / Riotur - reprodução

De acordo com a prefeitura, foram 2,9 milhões de pessoas que assistiram de perto o show de luzes multicoloridas durante 14 minutos, cerca de 17 toneladas de fogos de artifícios lançados por 10 balsas. O Cristo Redentor, outro símbolo carioca, recebeu iluminação multidimensional que pôde ser vista de diferentes pontos da cidade.


A diversidade cultural foi uma das apostas para agradar o gosto musical da multidão, que além do palco principal, instalado próximo ao hotel Copacabana Palace, com shows de Diogo Nogueira, Ferrugem, a Estação Primeira de Mangueira e DJ Malboro com sucessos do funk, teve também outros três palcos: na Rua Anchieta, no Leme (Dj Giordanna), no posto 3 - rua Hilário Gouveia (DJ Dodô) e no posto 5, próximo ao Cantagalo (DJ MAM).


Estrutura do espetáculo em números


• 03 painéis de led no palco Principal e mais 07 painéis de led distribuídos pela orla;

• 20 torres de comunicação na orla;

• 34 torres de PM;

• 04 postos médicos;

• 20 UTIs tipo D;

• 800 banheiros químicos;

• 01 área para PNE.


Desde ontem (31), algumas ruas da zona sul foram interditadas para circulação e estacionamento de veículos, como nas ambas pistas da Avenida Atlântica, Rua Teixeira de Melo e da Praça General Osório. As Avenidas Delfim Moreira e Vieira Souto ficam interditadas para implantação da área de lazer, como ocorre aos domingos e feriados.


Os trajetos dos ônibus com destino a Copacabana também sofreram alterações por conta do evento. Desde o dia 31, a circulação até a enseada de Botafogo. Após o evento serão criadas pontos especiais de embarque de ônibus em Botafogo com destino ao Centro da Cidade e Zona Norte, assim como pontos em Ipanema com destinos para bairros da Zona Oeste. Entretanto, o planejamento é ter todas as ruas livres para circulação de veículos até o dia 2.


As informações detalhadas sobre a liberação de todas as vias e funcionamento normal das linhas de ônibus estão disponíveis no COR - Centro de Operações do Rio.

© 2020 - Vitor Catanho

Todos os direitos reservados

  • https://www.youtube.com/channel/UCZz
  • Black LinkedIn Icon